Gamification e mídias sociais na educação: algumas experiências práticas em 2015.1

Experimentei neste semestre (2015.1) algumas práticas de gamificação e mídias sociais com meus alunos da Unigranrio, as quais compartilho neste post. Foi um grande desafio buscar estratégias de aprendizagem tangencial, engajamento digital e ludicidade dentro de um ambiente de educação formal. 1 – Quiz Após as aulas, lançava um Quiz (criado pelo formulário do Google Drive) com 5 perguntas sobre o conteúdo abordado em sala de aula. Visando maior engajamento, a premiação era um Ovo de Páscoa para os mais bens colocados, porém toda a turma ganhava pontos e brindes de participação. Gamification: os desafios animavam boa parte da turma que se empenhava em responder as perguntas. O gabarito dos quizzes foi revelado durante a aula de revisão.   2 – Documentos colaborativos Todos os trabalhos foram desenvolvidos através de documentos do Google Drive, o que possibilita um processo de forte interação entre professor e aluno. Por meio desta ferramenta, conseguia comentar as ações no sentido de orientar uma melhor preparação dos projetos. Outro benefício é saber quais integrantes dos grupos pouco produzem, na medida em que todas as contribuições ao trabalho ficam registradas na plataforma. Além disso, não são criadas várias versões do documento, o que facilita o acompanhamento de TCCs, por exemplo. 3 – Metodologia de gerenciamento ágil Trabalhar em grupo e em colaboração exige organização, por isso as turmas aprenderam a metodologia de gerenciamento ágil Scrum. No início, faziam reuniões a cada aula e colavam post-its numa cartolina na parede. Na segunda fase, passaram a usar a ferramenta digital Trello, a qual permite a divisão de tarefas e acompanhamento do andamento das mesmas por email e celular. Alguns estudantes relataram que passaram a adotar o Scrum em...

Canal da Educação – portaria interministerial 2.098, de 14 de maio de 2015

GABINETE DO MINISTRO DAS COMUNICAÇÕES PORTARIA INTERMINISTERIAL No- 2.098, DE 14 DE MAIO DE 2015 Estabelece as diretrizes para operacionalização do Canal da Educação no âmbito do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre – SBTVD-T. O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO e o MINISTRO DE ESTADO DAS COMUNICAÇÕES, no uso das atribuições que lhes confere o art. 87, parágrafo único, inciso II da Constituição, e tendo em vista o disposto no inciso II do art. 13 do Decreto nº 5.820, de 29 de junho de 2006, resolvem: Art. 1º Ficam estabelecidas, por esta Portaria, as diretrizes para a operacionalização do Canal da Educação, de que trata o inciso II do art. 13 do Decreto nº 5.820, de 2006. Parágrafo único. Aplica-se à consignação do Canal da Educação, no que couber, o disposto na legislação e nos instrumentos normativos expedidos pelo Ministério das Comunicações – MC e pela Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel, que tratam da execução do serviço de radiodifusão de sons e imagens em tecnologia digital. Art. 2º O Canal da Educação tem como objetivo principal a melhoria da qualidade da educação por meio da transmissão de conteúdos educacionais midiáticos, destinados ao desenvolvimento e aprimoramento, dentre outros, do ensino a distância, da capacitação de professores e disseminação de conhecimentos à população em geral, nos termos da legislação que rege a educação brasileira. Art. 3º O Canal da Educação atenderá, prioritariamente, em sua programação, aos seguintes princípios: I – a ampliação do conhecimento e enriquecimento do repertório cultural, científico e tecnológico da população de maneira geral, especificamente crianças, adolescentes, jovens e adultos envolvidos em atividades educacionais; II –...

Aula 1 de ‘Produção em Vídeo’

Primeira aula de 2015 da disciplina “Produção em Vídeo” apresenta o trabalho que os estudantes farão durante todo o semestre, o piloto de um Canal no YouTube. O objetivo é criar portfólio para dar mais destaque profissional aos produtores, dentro de uma estratégia de “Content Marketing”. As propostas de Canal serão discutidas em sala de aula a fim de que sejam formadas as equipes a partir da fusão de projetos e adaptação de ideias. Cada grupo terá no mínimo 6 pessoas com as seguintes funções: Produtor executivo Diretor Editor Apresentador Produtor Roteirista Na próxima aula, cada grupo ou aluno deve levar sua proposta impressa para apresentação durante à turma. Ela tem que ser enviada por email (arthur.santos@unigranrio.com.br) até as 23h59 do dia 2 de março...

Aplicativo Android e site WordPress: Bancários de Porto Alegre lançam novas ferramentas de comunicação

O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre lançou um aplicativo para smartphone e um novo site WordPress em seu aniversário de 82 anos. Há pouco mais de 1 ano, realizei uma oficina de mídias sociais no sindicato em que reforcei a importância de estabelecer novas formas de comunicação com a categoria, entre elas: site mais interativo, aplicativo para celular e games. Com muita felicidade vejo esta vitória do SindBancários de PoA. Parabéns triplamente: pelo aniversário, pelo aplicativo e pelo novo site. Aliás, os bancários de Porto Alegre são referência em novas linguagens. Durante a greve do Banrisul em 2013, produziram um vídeo baseado no meme “Harlem Shake”, o “Greve Shake“....

30 canais mais vistos na TV por assinatura em 2014

O jornalista Ricardo Feltrin divulgou a lista do IBOPE com as 30 emissoras mais assistidas na TV por assinatura em 2014. O destaque fica com o canal infantil Discovery Kids (4º), que passou a TV aberta Band (5º). Outro dado relevante é o crescimento do Viva (14º), canal que retransmite antigos programas da Rede Globo (1º). O Viva passou programações já consolidadas como Multishow (18º), Universal Channel (17º) e TV Cultura (15º). Outras emissoras abertas ficaram mais para trás: RedeTV (11º) e TV Brasil (27º) Globo: 13,1 pontos Record: 3,81 SBT: 3,20 Discovery Kids: 1,47 Band: 1,45 Cartoon: 1,24 SporTV: 0,79 Disney Channel: 0,72 Fox: 0,69 TNT: 0,65 RedeTV!: 0,61 Megapix: 0,59 Nickleodeon: 0,54 Viva: 0,47 TV Cultura: 0,42 Space: 0,42 Universal Channel: 0,37 Multishow: 0,35 FX: 0,35 Discovery Channel: 0,33 AXN: 0,32 Globonews: 0,30 Home & Health: 0,28 Telecine Pipoca: 0,28 Telecine Action: 0,27 National Geographic: 0,26 TV Brasil: 0,26 Disney XD: 0,25 Telecine Premium: 0,25 ESPN Brasil: 0,23 Cada ponto do IBOPE nacional equivale a 233 mil residências com TV por assinatura. FONTE: Ricardo...

Aula sobre mercado Audiovisual brasileiro

Saiba mais: Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 Pesquisa Brasileira de Mídia 2014 Teste 8k na Copa do Mundo Lei do Serviço de Acesso Condicionado (TV por Assinatura) Lee Hunt fala sobre publicidade no conteúdo (em...

Aplicativo do blog Arturo Ilha

Já está no ar o aplicativo do blog Arturo Ilha. Bastar entrar na sua loja de aplicativos Android, baixar o App e ficar por dentro das...

IBOPE lista 12 tendências para a mídia em 2015

O IBOPE apresentou as tendências para a mídia em 2015 durante o evento ‘Conexões IBOPE Media Rio de Janeiro’. Segundo a diretora de L&I IBOPE Media, Juliana Sawaia, as mudanças ocorridas nos últimos 15 anos impactaram três dimensões: comunicação, entretenimento e informação. O instituto de pesquisas avalia que a ​rotina das pessoas está fragmentada, exigindo conteúdos cada vez mais líquidos (vídeo, áudio e texto adaptados às múltiplas plataformas para acesso em diversos momentos e lugares). De acordo com os dados apresentados,  54% das pessoas assistem TV e usam internet ao mesmo tempo. Destas, 34% comentam o que assistem, repercutindo mais fatos engraçados ou polêmicos. Outra informação importante para quem analisa audiência é que 95% dos comentários públicos sobre TV estão no Twitter. Aliás, o microblog tem sido usado como referência para pesquisas de audiência, tanto quantitativas como qualitativas. O IBOPE está desenvolvendo o ITTR (Ibope Twitter TV Ratings) para complementar seus atuais mecanismos de medição. O próprio Twitter já dá algumas pistas de tendências, como o ‘Flock to unlock’, ação que torna público um conteúdo ao se atingir determinada quantidade de tweets. Segundo a equipe da mídia social,  os picos de acesso ao Twitter são geralmente acompanhados de aumento de audiência na TV. Outra constatação é que o uso de redes sociais eleva os batimentos cardíacos, contribuindo para o engajamento de quem adota as múltiplas telas. Vamos à lista:​ 1 – Internet das coisas Representa o futuro da computação e comunicação, ligando objetos do dia-a-dia às bases de dados da internet, permitindo integrar toda a informação e a tecnologia disponíveis à vida das pessoas. 2 – Multitelas Adoção de distintos devices para interagir com conteúdos de mídia (televisor, computador, notebook, tablet, smartphone, rádio…) 3 – Multitarefas Capacidade de...

Resumo da Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 realizada por SECOM e IBOPE

Pesquisa realizada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM) em parceria com o IBOPE revela que aumentou o tempo que o brasileiro gasta vendo televisão, porém a internet é campeã (5 horas por dia). A pesquisa ouviu 18 mil pessoas nos 26 estados, além do Distrito Federal. O relatório completo está disponível no site da SECOM. “Os brasileiros passam 4h31 por dia expostos ao televisor, de 2ª a 6ª-feira, e 4h14 nos finais de semana, números superiores aos encontrados na PBM 2014, que eram 3h29 e 3h32, respectivamente”. TV e Rádio ainda são preferidos A televisão é a mídia com maior penetração (95%), sendo que 73% a assistem todos os dias. A segunda colocação fica com o rádio, que caiu de 61% para 55% em 12 meses. Porém, a quantidade de pessoas que ouvem rádio diariamente aumentou de 21% para 30%.   Internet: maior tempo dedicado Quase metade dos brasileiro acessa a internet (48%), sendo que que as pessoas que a utilizam todos os dias já somam 37%, revelando um crescimento de 11% em comparação à pesquisa de 2014. As principais plataformas de acesso continuam sendo computadores e notebooks (71%), mas os celulares encostaram (66%). As redes sociais respondem por 92% dos acessos. As principais são:  Facebook (83%), Whatsapp (58%) e Youtube (17%). Jornais são os mais confiáveis e de maior atenção Só 21% dos brasileiros leem jornais, com leitura diária de apenas 7%, contudo esse é considerado pelos brasileiros o meio de informação mais confiável. Os leitores são em sua maioria de maior escolaridade e renda: 15% dos leitores com ensino superior e renda acima de cinco salários mínimos (R$ 3.620 ou mais) leem jornal...

Organizações Globo: saiba quais empresas do Grupo Globo

TV Globo, Globosat, Som Livre, Globo.com, O Globo, Jornal Extra, Rádio Globo… são muitos os braços do mais importante grupo de mídia do Brasil: as Organizações Globo, agora conhecida como ‘Grupo Globo’. Muito se fala sobre as empresas da Família Marinho, mas há poucos mapeamentos confiáveis disponíveis para pesquisadores e estudantes. O professor Gustavo Gindre montou um infográfico mostrando todas as empresas da Globo. É importante frisar que a imagem lista apenas as empresas e não os veículos. A InfoGlobo, por exemplo, reúne os jornais O Globo, Extra e Expresso. Já a Globosat junta Multishow, SporTV, Viva, Gloog, entre outros canais de TV por assinatura. Organizações Globo Participações (Grupo Globo): Holding pertencente aos três filhos de Roberto Marinho e a seus descendentes diretos (filhos e netos). Controla 100% da Globopar, da Infopar e do Sistema Globo de Rádio 1 Globo Comunicação e Participações (Globopar) 1.1 Globosat: canais GNT, Globo News, Multishow, Globosat+, SporTV 1, SporTV 2, SporTV 3, BIS, Viva, Off, Gloob, Megapix, Premiere Futebol Clube, Combat e Big Brother 1.1.1 Telecine: parceria entre Globosat (50%) e quatro estúdios norte-americanos: Fox (12,5%), Paramount (12,5%), Universal (12,5%) e MGM (12,5%). Possui, também, os direitos de exibição premium da Disney no Bras É formada pelos canais Premium, Action, Touch, Fun, Pipoca e Cult 1.1.2 Playboy Brasil Entretenimento: parceria entre a Globsat (60%) e Playboy (40%) nos canais Sexy Hot, For Man, Venus, Playboy TV, Private e Sextreme 1.1.3 Canal Brasil: parceria da Globosat (50%) com os cineastas Luiz Carlos Barreto, Zelito Vianna, Marco Altberg, Roberto Farias, Anibal Massaini Neto, Patrick Siaretta, André Saddy e Paulo Mendonça. 1.1.4 NBC Universal Brasil: parceria da Globosat (47,5%) com...
Página 2 de 912345...Última »