Mestrado sobre Cultura Digital em Duque de Caxias

Mestrado sobre Cultura Digital em Duque de Caxias

arthur william santos mariana cavalcanti nielson bezerra alexandre marques dani franciscoDuque de Caxias para quem?: imaginários sociais e apropriações de territórios na cibercultura

A partir das múltiplas representações que se reproduzem sobre a cidade de Duque de Caxias ao longo dos anos, imaginários e identidades sociais são fortalecidos e transformados. No entanto, autorrepresentações, provindas de agentes culturais da cidade organizados em uma rede, que muito se fortalece com o uso da internet, buscam desconstruir estereótipos e reivindicar a cidade que eles querem e julgam ter direito. Neste contexto, a primeira parte do trabalho se dedica a uma investigação sobre como a cidade de Duque de Caxias foi e é representada por atores diversos, incluindo seus próprios moradores. São ressaltadas as aproximações entre a produção cultural dessa rede com a construção e ressignificação de símbolos e imaginários da cidade. São realizados, ainda, estudos de caso sobre o cineclube Mate com Angu, o coletivo de quadrinistas Capa Comics e o blog Lurdinha. A segunda parte do trabalho versa sobre as relações afetivas entre a população duque caxiense e os territórios habitados, em muito transformadas pelas produções culturais que enfatizam o pertencimento à cidade. O incentivo ao melhor uso dos espaços públicos e a criação de equipamentos de lazer se apresentam como essenciais neste processo. Os resultados dessa pesquisa apresentam uma reflexão sobre as potencialidades da internet para o fortalecimento das relações em rede, para oportunizar autorrepresentações e, ainda, para provocar mobilidades. As transformações ocorridas em torno das percepções sobre a cidade, a compreensão de pertencimento a ela e a apropriação dos espaços também são pontos destacados nesta dissertação.

From multiple representations that are reproduced about the city of Duque de Caxias over the years, imageries and social identities are strengthened and transformed. Although, self-representations, made by cultural agents of the city organized as a network, which much is driven by the use of the internet, seek to deconstruct stereotypes and claim the city they want and believe they have right. In this context, the first part of this research is dedicated to an investigation about how the city of Duque de Caxias was and is represented by several actors, including its own residents. The links between the cultural production of this network and the construction and redefinition of symbols and imagery of the city are highlighted. This dissertation also includes cases of study related to Mate com Angu film club, Lurdinha blog and the group of cartoonists Capa Comics. The second part of this work approaches the affective relationships between the Duque de Caxias dwellers and the inhabited territories, transformed many times by the cultural productions that emphasize the belonging perceptions to the city. The encouragement of the best use of the public spaces and the creation of leisure equipment are presented as essential in this process. The results of this research show a reflection about the Internet potential to strengthen network relations, to create opportunities for self-representations and to improve mobility. The changes occurring around the perceptions of the city, the understanding of belonging to it and the appropriation of the spaces are also highlighted in this paper.

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *